Carros e automobilismo levados a sério

 
 
 
 
 


Quando chove todo cuidado é pouco

0
Postado 5 de junho de 2012 por bisponeto em Automóveis
Segurança em dia de chuva - 2
Nesses dias chuvosos e frios como o de hoje (04 junho), em que você não quer sair da cama, se sair e for dirigir muito cuidado. É que a chuva deixa as ruas escorregadias e muitas vezes alagadas. E quando aparece neblina então, pior ainda.

Ver e ser visto é regra básica na direção defensiva, quando se dirige em dias de chuva, com o céu nublado. Ligar os faróis é essencial. A água da chuva lava o asfalto, e o óleo derramados na rua ou  pista formam uma camada que pode fazer os pneus do carro ou moto deslizarem. Por isso, também é necessário se manter a uma velocidade inferior a que se usa em dias de Sol ou simplesmente nublados. Para evitar a aquaplanagem, o ideal é tirar o pé do acelerador e deixar o freio motor do carro agir, desacelerando o automóvel moderadamente.

Quando chove forte, os vidros do carro costumam embaçar. Nessas horas, ligar o ar-condicionado é o mais indicado. Manter distância de segurança do carro que segue a frente é outra regra importante, pois concentrações de água na rua (ou na rodovia) podem pegar o condutor desprevenido e, nessas situações, o motorista pode querer pisar no freio de imediato, o que não é aconselhável, e pode até bater, principalmente na traseira do carro que segue logo a frente do seu.

Também não se pode esquecer do limpador de pára-brisa.  Se o limpador de pára-brisas estiver danificado, fica impossível se locomover com chuva. Quando a chuva começar a cair, a velocidade do limpador deve ser proporcional à intensidade dos pingos. Por isso é bom, ao sair de casa em dia chuvoso, verificar o seu funcionamento. Também não é recomendável tentar passar em trecho alagado de rua ou rodovia, sem antes conferir a altura da água no local.  Por isso o condutor deve perceber se a altura da água não é maior do que a do cano de escape do carro. Pois um descuido qualquer pode danificar o motor do seu carro.

É bom lembrar o que preceitua o Código de Trânsito Brasileiro em seu Artigo 230 – XIX: dirigir o veículo sob chuva sem acionar o limpador do vidro dianteiro é infração grave, com multa de R$ 127,69 e mais cinco pontos na carteira de habilitação. A remoção do veículo para regularização ainda será feita como medida administrativa. E tem mais. O Artigo 250 – II do CTB: Quem estiver com o automóvel em movimento, sob chuva, neblina ou cerração, com as lanternas do carro apagadas, estará cometendo infração média (multa de R$ 85,13, mais quatro pontos na habilitação). E as motocicletas e ciclomotores devem trafegar com a luz acesa, seja dia ou noite. E em dias chuvosos então, nem se fala.

Portanto, em dias de chuva, mantenha a luz do carro acesa, trafegue com velocidade reduzida, preste atenção no trânsito e muito cuidado.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta

(obrigatório)


Últimas
 
  • Mustang50thEdition_36_HR
  • Saveiro Cross 2015.
  • Complexo Industrial da Nissan em Resende (RJ)
  • Ases do Volante - 2
  • Dacia-Duster-Facelift-423